Aidan Ravin, Ailton Lima, Carlos Grana, Sales, Paulinho Serra, Semana e mais na coluna Kurtas e Pikantes



Divulgação

CENÁRIOS
O ex-vereador e ex-prefeito Aidan Ravin continua liderando todos os cenários políticos traçados. Salles estagnado já é considerado carta fora do baralho. Paulinho Serra, mesmo com a imagem máscula de Paulo Serra, não consegue detalhar, e Carlos Grana continua no mesmo patamar. Apesar da imbicada para o alto, a campanha de Ailton Lima parece ter atingido o patamar máximo.

CENÁRIOS II
A campanha de Ailton Lima até parecia ser coisa séria, independente. Mas segundo diversos comentários pela cidade, inclusive entre os membros do partido, ela tornou-se uma linha auxiliar do PT na tentativa de tirar votos de Aidan. Mas não tem preocupado.

CENÁRIOS III
O cenário mais provável e que se desenha a cada dia é o segundo turno entre Aidan Ravin e Carlos Grana, o que potencializa o ex-prefeito que deverá aglutinar as forças descontentes da cidade. Sales e Paulinho Serra que já lucraram com o governo Grana têm chances de fazer novas barganhas. A conferir.............

HUMANIZAR
Um dos discursos adotados pelo prefeituravel Aidan Ravin é o de humanização da cidade. Em Santo André também se reclama muito da questão dos uniformes escolares, da merenda escolar, do tratamento ao idoso. E o plano de governo tem parte importante quando fala do tratamento do morador de rua. Segundo a candidata a vice-prefeita Dra. Ana, o olhar humano se mostra nessa questão, que não dá voto, mas tira. E a cidade tem a obrigação de olhar para essa parcela da sociedade.

HUMANIZAR II
Outro ponto que chama a atenção é para o cuidado também, com os animais das ruas. Há um programa extensivo para isso com a previsão de unidades móveis. Uma pesquisa realizada mostra que muitos moradores de ruas não vão para os abrigos porque não querem ficar sem seus animais. É a rua ensinando caminhos para planos de governo. Ineditismo na região.

SEMASA
O próximo prefeito de Santo André terá que lidar com a crise do Semasa, e negociar ou não a devolução da distribuição da água para a Sabesp. Essas autarquias municipais em sua maioria foram criadas para fazer média e angariar apoio político. Cansaram de sangrar recursos públicos. As dividas das que restam é quase que impagável.

ERRO GERAL
Um erro geral de praticamente todas as campanhas políticas da região é que a comunicação continua nas mãos de quem não representa as cidades, não conhece suas histórias e detalhes. Além, de profissionais que não são da área. Por isso tem se visto muito pirotecnia nesse campo. A comunicação tanto nos governos da região quanto nas campanhas continua sendo relegada a plano inferior. Todo mundo quer dar pitako e entender do assunto. Não se assustem se os futuros secretários da área continuarem sendo “adevogados”, ou de qualquer outra profissão. Há raras exceções.