ACM Neto diz que crise com governo da Bahia sobre carnaval está resolvida



Após receber críticas de um “aviso tardio” sobre um dia a mais de evento no carnaval de Salvador, o prefeito ACM Neto garantiu que o assunto já está resolvido com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia, órgão que classificou como “falta de respeito” o ofício enviado na última segunda-feira (6).

“Nós estávamos tendo todo o cuidado para não divulgar antes de acertar tudo com a área de segurança, no entanto, houve um vazamento, através de um veículo de comunicação e a gente não tem como controlar isso. Inclusive, eu expus isso ao próprio governador [Rui Costa]. O nosso objetivo é a harmonia completa com a polícia, sem a qual o carnaval não existe”, disse ACM Neto.

A declaração foi feita nesta quinta-feira (9), durante coletiva de imprensa, na qual o gestor anunciou o lançamento oficial do carnaval de Salvador, que começará no dia 22 de fevereiro. Foi anunciada, também, a marca da cervejaria que patrocinará o carnaval deste ano e terá exclusividade no comércio dentro dos circuitos oficiais da folia soteropolitana.

A cervejaria fechou com a prefeitura, mais um evento carnavalesco, no dia 21 de fevereiro, no largo do Farol da Barra (ponto de partida dos trios, no circuito Barra/Ondina). No local, um palco fixo está sendo montado para a apresentação de bandas e, durante os dias de carnaval, outras apresentações após a saída dos trios. Por isso, a crítica feita pela SSP, por meio de nota.

A marca da cerveja não é mais a mesma que teve exclusividade no carnaval de 2016, alvo de críticas de foliões e manifestações de ambulantes, que se desagradaram com a obrigatoriedade de comercializar apenas aquela marca.

Artistas locais estiveram presente no lançamento, e outros se apresentaram para a imprensa e convidados presentes, entre eles a cantora Daniela Mercury, que relatou a alegria de participar “do maior carnaval do mundo”, cujo tema deste ano será Cidade do Carnaval, em referência ao título que Salvador recebeu da  Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

“O maior carnaval do planeta é de Salvador e são muito bem vindas todas as intervenções, o apoio e esse profissionalismo que, afinal de contas, tem toda a alegria que a gente tem, tendo a música como nossa principal anfitriã. Estou especialmente feliz hoje porque vou voltar à Barra, no sábado, quando homenagearei Moraes Moreira”, comemorou Daniela.

O investimento para o Carnaval deste ano, segundo a prefeitura, é de cerca de R$ 50 milhões, sendo R$ 30 milhões investidos pelos dois principais patrocinadores da festa – a empresa de bebidas anunciada nesta quinta-feira e uma companhia aérea. No geral, a cidade deve ter movimentação econômica próxima de R$ 1,5 bilhão no período de carnaval.

Pelas ruas da cidade, por onde passam os trios dos circuitos de carnaval, a movimentação de trabalhadores, montando camarotes e passarelas, é intensa. Nesta quinta-feira, a prefeitura informou que cerca de 70% das estruturas estão montadas para a folia. O órgão estima que o carnaval deste ano pode atrair 700 mil turistas e gerar cerca de 250 mil empregos diretos e indiretos. O número é semelhante ao apresentado no evento do ano passado.